Ver site do projeto A2

Hoje eu estou livre!

    Se você chegou até aqui é porque procura o oculto. Foi utilizada escrita mágica em todo este texto, então preste bastante atenção...
    Você tem que saber transformar as coisas em oportunidades; compreender o que é sólido e o que é passível de se tornar um sinal (sinais são frequências insólitas). Os sinais não existem para todos, mas apenas para os que se permitem enxergá-los. Para compreender os sinais é preciso ter fé. Aquele que não acredita não se permite e jamais vai realizar o que pensa não existir. Seu pensamento altera a realidade? Pois bem, então quanto mais cético você for menos poderá alterar aquilo em que se limita a não crer. Você não crê? Então a única coisa que vai ver é inércia. A inércia é o que solidifica a matéria. O ímpeto é o que move a mesma. Uma coisa é viver no mundo padronizado pelo aglomerado de átomos e outra é viver na ondulação e na frequência atômicas.
    Terá apenas uma possibilidade, e não infinitas, para escolher. Tudo é uma questão de escolha, mas, no caso, da quantidade de possibilidades dela. Você crê apenas em um viés? Então você se prendeu a uma forma em particular, ficando fora do TODO e tendo apenas uma escolha. Logo, o que você imprimir de qualquer informação não será totalmente da verdadeira natureza da coisa em si.
    Só existe uma única coisa, tudo está unido. Se você não enxerga a totalidade em uma informação qualquer (independentemente do conteúdo), então não verá que a verdade está em todo lugar, incluindo em você. Você não compreende, estou fora do sistema agora. Eu posso escrever na linguagem dos sinais. Os sinais só podem ser acessados unindo-se os opostos. Deus conversa mediante os desígnios da natureza. O padrão da natureza segue linguagem irracional. Mas nós, egos, só conseguimos aceitar a linguagem racional, uma fração mínima do todo. A linguagem irracional é a linguagem que está dentro de nós, mas não reconhecemos, em outras palavras, não nos conhecemos. Conhecer a si mesmo é entender os padrões do Universo, isso é magia e é o objetivo de todos os magos que buscam a verdade. A partir do momento em que você entende os padrões, você começa a conversar com Deus, que se comunica por sinais.
    Quem você acha que são os Deuses dos antigos Gregos atualmente? Quem acha que está nas fábulas e nos mitos? Eu digo: Batman, Homem-Aranha, Super-Homem, etc.. A história e a tentativa de entender os sinais são sempre as mesmas. São sempre os mesmos arquétipos do inconsciente coletivo, só que em épocas diferentes. O sistema continua o mesmo, o significado dos sinais também. Apenas muda a linguagem. A linguagem, mãe do ego, prega um truque contra você. Você pensa que está evoluindo, mas está parado. A única coisa que pode evoluir é a compreensão que você faz dos sinais. Alguns tentam compreender os sinais e acabam ficando loucos. A linguagem do ego sente-se ameaçada e ferida porque você está indo rápido demais nisso. Os sinais: eles revelam tudo sobre você e sobre o mundo, todas as ciências... Alguns espertões acessam a fonte dos mesmos e conseguem desenvolver fórmulas matemáticas incríveis; outros conseguem ficar famosos e milionários. Cada um tira sua parcela dos sinais, que compreende, e da profundeza entendida de sua identidade. Você só precisa crer. Deus está em tudo e está se comunicando através de tudo. Você só precisa crer. Mas você o nega para poder ter uma tomada de consciência provinda de si mesmo.
    Você caiu, anjo. Agora é alguém que tem uma mínima parcela de Deus, por negá-lo. Assim que você nega uma fração ínfima de Deus, seu ego surge. A partir daí, não tem como voltar atrás, a natureza nunca volta atrás, ela sempre continua infinitamente. Você começa como um grão de poeira, porque essa é a maior negação de Deus. Depois vai evoluindo pela compreensão dos sinais e gera uma menor negação, num eterno vai e vem. Então de grão de areia você vira uma mina de prata, de minerais vai para vegetais e vira plantas e até árvores que dão frutos. Lembre-se, ninguém é mais evoluído porque o significado é o mesmo. De árvores vai para animais que viram uns aos outros sucessivamente, até virar humano. Aqui você ainda está negando demais Deus, então só consegue senti-lo muito raramente.
    Os sinais geram uma morte do ego e um colapso. Você percebe que a parte mínima de você, que achava que existia, era o todo, enquanto o todo era uma parte de você mínima. Então começa a entender que, na verdade, você sempre negou sua maior parte, Deus.

O sistema das ovelhas

 

    Quem se desconecta do sistema e acessa a fonte imediatamente ativa a ocorrência de perigo para o sistema para os que estão conectados. Isso sempre se repete. Os loucos de hoje serão os gênios de amanhã. Está envergonhado com o que fizeram com Jesus? Acha inacreditável terem queimado Giordano Bruno? Fica atônito com o fato de terem prendido Galileu Galilei? Amigo, você está cheio de julgamentos... Quem você acha que eram os que escolheram Barrabás? Você já esteve aqui antes, não lembra? Qualquer um que quebre paradigmas e desafie a cultura vigente na época é ridicularizado e oprimido, seja na internet ou no mundo físico ou real.
    Você é uma ovelha, um ser cheio de luz apagada, repugnante e insignificante. Quando critica um trabalho inovador é porque a luz daquele trabalho ofusca seus olhos, já que não partilha da mesma. Preste atenção antes de querer tirar o cisco do olho do irmão e repare na trave de madeira em seus olhos.
    “Deus é um mente aberta!”

    “Eu prefiro ser recebido de braços fechados pela sociedade do que de braços abertos, pois medimos a grandeza de uma ideia pela quantidade de pessoas que se levantam contra ela”.

Bruno Borges

Sobre